Líder de coroinhas é investigado por pedofilia em igreja no extremo sul baiano

REGIÃO , 16 de Abr de 2018 - Vista 91 vezes.

Funcionário da igreja, ele teria passado sífilis a menino de 13 anos. Suspeito nega

Twitter: @ItapebiAcontece

Imagem: Reprodução



Um caso de estupro de vulnerável ocorrido dentro da Paróquia Santo Antônio, da Igreja Católica, em Caravelas, no Extremo Sul da Bahia, está sendo investigado pela Polícia Civil local. A vítima é um menino de 13 anos, que relatou os abusos à polícia, após a mãe dele descobrir que o garoto estava com sífilis, adquirida possivelmente por meio do autor do suposto crime, Vitor Marques Daniel, líder dos coroinhas local.
 

O garoto fazia parte do grupo de coroinhas da Igreja desde abril de 2017. Traumatizado, ele se afastou da Igreja após os abusos e vinha falando até em suicídio para a mãe, até revelar o caso e se sentir mais aliviado com a verdade vir à tona.

 

No boletim de ocorrência, ao qual o CORREIO teve acesso com exclusividade e registrado dia 13 de março de 2018, o menino relata que os abusos ocorriam sob ameaça de morte a ele, a uma irmã de 8 anos e a um primo.
 

O primeiro abuso, na noite de 11 de maio de 2017, ocorreu, segundo o relato, após o menino fechar a Igreja com Vitor, ao encerramento de uma missa festiva. Na sala da sacristia, Vitor puxou papo sobre sexo com o menino e revelou o desejo de manter relações sexuais, tendo uma negativa como resposta.
 

O menino relata ter levado uma chave de braço por trás e que Vitor colocou uma chave de porta na garganta dele. Logo em seguida, foi jogado ao chão, onde o estupro foi consumado.
 

Ainda na mesma noite, o menino relata que depois do estupro Vitor enrolou fita adesiva em suas pernas e braços e colocou um pedaço na boca. Em seguida, o menino foi colocado sentado no colo de Vitor, que simulou fazer sexo, relata o boletim. Ao menos cinco abusos foram relatados pelo menino à polícia, tendo o último ocorrido dia 3 de fevereiro. Vitor, segundo o relato do menino, praticava nele sexo anal e oral.
 

A vítima afirmou ter recebido quantias em dinheiro por parte de Vitor, que variavam de R$ 10 a R$ 70, em recompensa para que ele mantivesse o silêncio.
 

No dia 25 de fevereiro começaram a aparecer bolinhas inflamadas no corpo do garoto, sinais da sífilis. Depois de feitos os exames que confirmaram a doença, o menino resolveu relatar o caso à mãe, que buscou auxílio no Conselho Tutelar.
 

Na Igreja, a função exercida por Vitor se chama Acólito. Outro caso de abuso sexual envolvendo o mesmo líder dos coroinhas está sendo investigado.
 

À polícia, Vitor negou os abusos, porém o delegado que investiga o caso, Gilvan de Meireles Prates, titular em Caravelas, disse que exames constataram que Vitor possui sífilis, o que está sendo considerado pelo delegado como forte indício de que o depoimento da vítima é verdadeiro.
 

Vitor alegou à polícia ter problemas psicológicos, argumento que o delegado avalia como frágil, diante da função a ele concedida pela Igreja. Vitor é trabalhador assalariado da Igreja, com registro no Ministério do Trabalho.
 

“Estamos já concluindo o caso. Vamos ouvir mais três testemunhas, todas da Igreja Católica”, declarou o delegado. Outro menino que teria sido abusado também foi ouvido pela polícia, mas negou ter sofrido a violência. “Mesmo com a negativa, ainda pedimos os exames para verificar se teve o abuso sexual, já que o menino pode ter ficado com medo de falar”, acrescenta delegado.
 

O resultado do exame para constatar se este segundo menino tinha sífilis deu negativo. Na semana passada, a polícia solicitou à Igreja Católica que afastasse Vitor das funções na Igreja, mas o delegado não soube dizer se houve o afastamento.
 

Procurada, a Pastoral da Comunicação em Teixeira de Freitas, onde fica sediada a Diocese na região, sob a responsabilidade do bispo Dom Jailton de Oliveira Lino, não deu retorno ao CORREIO até a publicação desta reportagem. Vitor não foi localizado.
 

O menino está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar de Caravelas e ele e a mãe têm recebido apoio psicológico e social por parte da Prefeitura local. “Ele está melhor da doença, agora conversa mais. Disse que não aguentava mais os abusos, mas tinha medo de contar. Se afastou da igreja”, disse a mãe. “Já eu, nem consigo ler direito o depoimento dele à polícia. Tem uns trechos que me dão angústia”. 



Por: Correio 24 horas

Compartilhar

COMENTÁRIOS

Nenhum registro encontrado.




*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*

NOTÍCIAS

Prefeitura disponibiliza wi-fi gratuito em 14 pontos de Salvador; veja lista

Para usar a rede wi-fi, o usuário precisa habilitar o dispositivo móvel à rede #Conecta_Salvador e seguir as orientações de cadastro.

SALVADOR, 21 de Jan de 2019

Infraero será fechada durante governo Bolsonaro, diz novo secretário

Encerramento deve ocorrer até 2021

BRASIL, 21 de Jan de 2019

Hoje é o dia mais triste do ano, segundo pesquisas

Quem criou o termo foi o psicólogo Cliff Arnall, da Universidade de Cardiff, no País de Gales, em 2005. Segundo seus estudos, esse é o dia mais triste do ano.

MUNDO, 21 de Jan de 2019

‘Estado não pode abrir mão de analisar’ concessão da Embasa, diz secretário

No final do ano passado, a revista Veja noticiou que o governador Rui Costa (PT) planejava conceder setores da Embasa para a inciativa privada.

BAHIA, 21 de Jan de 2019

Tecnologia: WhatsApp limita reenvios de mensagens a 5 destinatários

Anteriormente, um usuário do WhatsApp poderia reenviar uma mensagem para 20

OUTRAS NOTICIAS, 21 de Jan de 2019

Acidente entre veículos deixa três mortos e dois feridos no extremo Sul Baiano

Acidente aconteceu no trecho que liga o distrito de Cumuruxatiba ao Centro da cidade de Prado, no sul da Bahia.

ESTRADAS, 21 de Jan de 2019

Casamento de sete anos de sertanejo famoso chega ao fim

Jorge e Ina se casaram em maio de 2011, numa cerimônia de luxo na fazenda Grota Funda, em Nazário, Goiás,

FAMOSOS, 21 de Jan de 2019

Em grave acidente próximo à Itagimirim morre jovem filho de ex-vereador

Ele ainda foi socorrido, mas morreu no hospital em Porto Seguro. (Fotos: Internautas ItapebiAcontece)

ESTRADAS, 20 de Jan de 2019

Bahia: Cratera em Vera Cruz cresce quase 4m e chega a 89,5m de comprimento

Empresa segue com estudos para saber causa da erosão em Matarandiba, vila que fica na Ilha de Itaparica. Resultados das avaliações devem ser concluídos no 2º trimestre...

BAHIA, 20 de Jan de 2019

Briga em velório deixa dois mortos; delegado é denunciado por agressão

Uma das vítimas, Wemerson de Araújo, estava na rede com o filho quando foi atingida por um golpe de faca e, em seguida, de enxada

BRASIL, 19 de Jan de 2019

FALE CONOSCO

WhatsApp: (73) 8171-4770 Tel:(73) 8879-9975

Sem enquetes cadastradas

VÍDEOS

CANÔA SUISSA II
POSTADO: 09-12-2013 12:12

NOTAS SOCIAIS

  • DADOS DO MUNICÍPIO DE ITAPEBI

    Fundação 14 de agosto de 1958 (60 anos)- Gentílico- itapebiense Prefeito- Juarez da Silva Oliveira(Peba) (PP) (2017–2020)- Vice-prefeito; Claudio Henrique Ferreira de Carvalho (PR)- Câmara de Vereadores (09) - Herlemilson Caldas Pereira (PDT), Cleide Moreira do Nascimento (PTN), Cristiano Pereira da Silva (PRTB), Damiao Teixeira Silva (PRTB), Roberley Barbosa de Brito (PSL), Leonardo Ribeiro dos Santos (PSB), Paulo Henrique...


    Ver todas as notas
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • ...
  • 1100