Multa de R$ 2 mi e criminalização do movimento fazem petroleiros suspenderem greve

BRASIL, 31 de Mai de 2018 - Vista 23 vezes.

A FUP afirma se tratar de “um recuo momentâneo e necessário” para a construção da greve por tempo indeterminado.

Twitter: @ItapebiAcontece

Imagem: Reprodução



Os petroleiros suspenderam a greve um dia após o início do movimento. O fato ocorreu devido a imposição de multa diária de R$ 2 milhões e a criminalização do movimento. “O TST joga o jogo do capital e não deixaria barato a greve dos petroleiros. As multas diárias de R$ 500 mil saltaram para R$ 2 milhões, acrescidas da criminalização do movimento”, diz um trecho da nota da Federação Única dos Petroleiros (FUP ). A FUP afirma se tratar de “um recuo momentâneo e necessário” para a construção da greve por tempo indeterminado, que foi aprovada nacionalmente pela categoria. “Essa grave violação dos direitos sindicais será amplamente denunciada”, promete a entidade.
 

“O representante da Shell que o mercado colocou no Conselho de Administração da empresa já caiu. O próximo será Pedro Parente”,
comemora em outro trecho a FUP.

 

Leia a íntegra da nota da FUP:
 

"Não nos calarão.
Os petroleiros novamente deixam sua marca na defesa da soberania. A luta contra a privatização da Petrobrás ganhou a sociedade. A categoria colocou em debate os interesses que pautam a política de preços dos combustíveis, deixando claro o projeto da gestão Pedro Parente de sacrificar o povo brasileiro e a soberania do país para cumprir os ditames do mercado financeiro e das grandes corporações internacionais.

 

Antes do protesto legítimo dos caminhoneiros contra os preços abusivos do diesel, a FUP e seus sindicatos já haviam aprovado uma greve nacional para deter a escalada descontrolada de aumentos do gás de cozinha e dos derivados, cobrando a retomada da produção a plena carga das refinarias e o fim das importações de derivados.
 

Diante da situação caótica em que se encontra o país, desgovernado e refém das imposições do mercado que manda e desmanda na Petrobrás, uma empresa que é estratégica para a nação, os petroleiros não poderiam se omitir. E, como em outros momentos da história, se levantaram e enfrentaram os desmandos do Tribunal Superior do Trabalho, que mesmo ciente de que a greve de advertência da categoria não causaria riscos de desabastecimento, tomou a decisão arbitrária e política de decretar a ilegalidade do movimento, assumindo o golpe e agindo como um tribunal do capital.
 

Os petroleiros não recuaram e seguiram em frente, ganhando a solidariedade dos movimentos sociais e de várias outras categorias, dentro e fora do país. A população veio junto e apoiou a greve, pois sofre os efeitos do desmonte da Petrobrás, que vão muito além da disparada dos preços do gás de cozinha e dos combustíveis. A privatização conduzida por Pedro Parente, os desinvestimentos, a transferência para a Ásia das encomendas de plataformas e navios desmontaram a indústria nacional, aumentaram o desemprego em massa e fizeram o PIB despencar.
 

O TST joga o jogo do capital e não deixaria barato a greve dos petroleiros. As multas diárias de R$ 500 mil saltaram para R$ 2 milhões, acrescidas da criminalização do movimento. O tribunal cobrou da Polícia Federal investigação das entidades sindicais e dos trabalhadores, em caso de desobediência. Essa multa abusiva e extorsiva jamais seria aplicada contra os empresários que submetem o país a locautes para se beneficiarem política e economicamente. Jamais seria imposta aos empresários que entregam patrimônios públicos, aos que destroem empregos e violam direitos dos trabalhadores.
 

A decisão do TST é claramente para criminalizar e inviabilizar os movimentos sociais e sindicais. Diante disso, a FUP orienta os sindicatos a suspenderem a greve. Um recuo momentâneo e necessário para a construção da greve por tempo indeterminado, que foi aprovada nacionalmente pela categoria. Essa grave violação dos direitos sindicais será amplamente denunciada.
 

Estamos diante de mais um desdobramento do golpe que fragiliza cada vez mais as instituições e o Estado Democrático de Direito. O enfrentamento é de classe e precisa da união de toda a sociedade.
 

A pauta pela mudança da política de preços da Petrobrás é de todos os brasileiros, pois diz respeito à luta histórica contra a exploração do país, que desde os tempos de colônia vem tendo seus bens minerais espoliados pelas nações imperialistas. É assim que ocorre ainda hoje com o nosso petróleo. E por isso, a população está pagando preços absurdos pelo gás de cozinha e pelos combustíveis.
 

Os petroleiros saem da greve de cabeça erguida, pois cumpriram um capítulo importante dessa luta, ao desmascarar os interesses privados e internacionais que pautam a gestão da Petrobrás. O representante da Shell que o mercado colocou no Conselho de Administração da empresa já caiu. O próximo será Pedro Parente.
 

Sigamos em frente, pois a defesa da Petrobrás é a defesa do Brasil.


FUP"



ItapebiAcontece

Compartilhar

COMENTÁRIOS

Nenhum registro encontrado.




*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*

NOTÍCIAS

Vaqueiro se passava por policial para estuprar mulheres na Bahia

Suspeito é procurado pela polícia

BAHIA, 19 de Out de 2018

Professor é morto a facadas em fazenda no sul da Bahia

Crime aconteceu no Distrito de Monte Azul, localizado em Jucuruçu. Não há informações de suspeitos ou motivação do crime.

REGIÃO, 19 de Out de 2018

No Sul Baiano Mulher é morta a tiros dentro de casa

Segundo polícia, vítima tinha 30 anos e foi identificada como Nayara Monteiro Mobley Scolfield Souza.Crime ocorreu no centro da cidade de Caravelas.

REGIÃO, 18 de Out de 2018

Dois delegados e cinco agentes da Polícia Civil são presos no Rio

Investigação usou interceptação de conversas telefônicas autorizadas pela Justiça, análise de dados, colaboração premiada, infiltração e diligências de campo

POLÍCIA, 18 de Out de 2018

Cruzeiro é campeão da Copa do Brasil 2018

Em um jogo marcado por polêmicas com o árbitro de vídeo (VAR), a Raposa venceu o Corinthians por 2 a 1, em plena Arena, e garantiu a taça.

ESPORTES, 18 de Out de 2018

Psicólogo especialista em ideação suicida ministra palestra em Itapebi

Apoio do Secretário de Saúde, Sérgio Murilo e da Secretária de Assistência Social Jairene Botelho. ( Fotos: Arnaldo Alves / ItapebiAcontece)

ITAPEBI, 17 de Out de 2018

Congresso derruba veto ao aumento do piso salarial de agentes comunitários de saúde

Senadores e deputados que usaram a palavra durante a votação da matéria defenderam a derrubada do veto.

BRASIL, 17 de Out de 2018

Bahia tem 81 cidades com risco de epidemia de dengue

Dos municípios com alto índice de infestação, 58 estão em emergência por seca ou estiagem

BAHIA, 17 de Out de 2018

Provas contra Temer vão de delações a dados bancários e laudos, diz PF

A Polícia Federal também pediu a Barroso o bloqueio de bens de todos os indiciados – inclusive de Temer

BRASIL, 17 de Out de 2018

Morre em São Paulo o Jornalista Gil Gomes

Gil Gomes começou sua carreira no rádio e fez muito sucesso nos anos 1990 no extinto jornal policial Aqui Agora, do SBT.

FAMOSOS, 16 de Out de 2018

FALE CONOSCO

WhatsApp: (73) 8171-4770 Tel:(73) 8879-9975

Sem enquetes cadastradas

VÍDEOS

CANÔA SUISSA II
POSTADO: 09-12-2013 12:12

NOTAS SOCIAIS

  • Parabéns pelos seus 85 anos “Teimoso”

    Hoje é um dos dias mais importantes da sua vida Ronaldo Teodoro. Você celebra oitenta e cinco anos de existência e isso é algo que merece uma grande celebração. Tenha um aniversário mágico e cheio de alegria! Teimoso como é conhecido é um dos mais antigos pescadores do Rio Jequitinhonha e tio da mais famosa quituteira/doceira itapebiense, “Jane de Nonô”. “Você é um ser humano maravilhoso que tem sempre uma palavra sábia no momento...


    Ver todas as notas
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • ...
  • 1070