Moro demite delegado da PF investigado por receber propina

BRASIL, 20 de Mai de 2019 - Vista 13 vezes.

O ato de Moro é amparado em parecer da Consultoria Jurídica do Ministério da Justiça, Controladoria-Geral da União e Advocacia-Geral da União

Twitter: @ItapebiAcontece


Imagem: Reprodução


O ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) demitiu o delegado de Polícia Federal Ênio de Paula Salgado. Por meio da portaria 498, o ministro excluiu de vez dos quadros da PF o delegado que foi investigado na Operação Inversão - suposto esquema de propinas instalado em 2016 na Delegacia de Crimes Previdenciários da Superintendência Regional da PF em São Paulo.

O ato de Moro é amparado em parecer da Consultoria Jurídica do Ministério da Justiça, Controladoria-Geral da União e Advocacia-Geral da União, datado de 23 de abril.
 

O parecer imputa ao delegado violação dos incisos VIII e IX da Lei nº 4.878, de 3 dezembro de 1965 (regime jurídico dos policiais), ou seja, "praticar ato que importe em escândalo ou que concorra para comprometer a função policial" e "receber propinas, comissões, presentes ou auferir vantagens e proveitos pessoais de qualquer espécie e, sob qualquer pretexto, em razão das atribuições que exerce".

A Operação Inversão, ação integrada do Ministério Público Federal e do Setor de Contra-Inteligência da PF, foi deflagrada em julho de 2016. Na ocasião, outros dois delegados federais da ativa e um aposentado foram presos. O inquérito principal da Inversão deu origem a outra investigação, que apontou para o suposto envolvimento de Ênio de Paula Salgado.

O esquema de propinas a policiais operou entre 2010 e 2015. Segundo a investigação, a vantagem ilícita era repassada a policiais federais por alvos de inquéritos sobre crimes contra a Previdência. A Operação Inversão foi deflagrada por ordem da 9ª Vara Criminal Federal de São Paulo.
 

Segundo a Procuradoria, um dos presos, Marivaldo Bispo dos Reis, o "Miro", dono de uma consultoria previdenciária, teria pago de R$ 500 mil a 800 mil, para engavetar uma operação policial que investigava seu envolvimento em fraudes em dezenas de agências do INSS em São Paulo e que movimentaria em torno de R$ 50 mil diariamente.

A investigação teve início em agosto de 2015, quando uma advogada investigada na Operação Trânsito foi procurada por pessoas que falavam em nome de policiais dizendo que se ela pagasse uma propina de R$ 15 mil poderia se livrar da investigação. Pedido este que depois subiu para R$ 150 mil.

Ela e o marido procuraram a Corregedoria da PF em São Paulo e denunciaram o esquema, revelando mais provas da suposta ligação de policiais, que passaram a ser investigados em ações de contra-inteligência da PF.

 

Conversas de WhatsApp entre os intermediários e a vítima de extorsão foram entregues à corregedoria.
 

Para os procuradores responsáveis pelo caso, "os investigados transformaram a Deleprev, que deveria atuar na apuração de delitos previdenciários que tanto sangram os cofres da União num balcão de negócios e de impunidade".
 

O inquérito principal da Operação Inversão resultou na abertura de uma outra investigação, que acabou citando o delegado federal Ênio de Paula Salgado.
 

Na portaria 498, o ministro da Justiça é expresso. "Demitir Ênio de Paula Salgado, ocupante do cargo de Delegado de Polícia Federal do Quadro de Pessoal da Polícia Federal, Mat. DPF nº 8039, por infringir o disposto nos arts. 43, incisos VIII, IX e XLVIII, da Lei nº 4.878, de 3 dezembro de 1965, e132, inciso IV, da Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990 (dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos), combinado com o art.9º, caput e inciso I, da Lei nº 8.429, de 2 de junho de 1992, ao praticar ato que concorra para comprometer a função policial; receber propinas, comissões, presentes ou auferir vantagens e proveitos pessoais de qualquer espécie e, sob qualquer pretexto, em razão das atribuições que exerce; prevalecer-se, abusivamente, da condição de funcionário policial e praticar ato de improbidade administrativa, observando-se, em consequência, o disposto nos arts. 136 e 137, parágrafo único, da Lei nº 8.112/1990, de 11 de dezembro de 1990."

Defesa

A reportagem busca contato com a defesa de Ênio de Paula Salgado. O espaço está aberto para manifestação.



ItapebiAcontece / Estadão Conteúdo


 

 

Compartilhar

COMENTÁRIOS

Nenhum registro encontrado.




*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*

NOTÍCIAS

'Terror psicológico dos assaltantes ainda me tira o sono', diz repórter

Bandidos colocaram fogo em carro com repórter da TV Bahia Jonny Torres

BAHIA, 19 de Jun de 2019

Corpo de homem é encontrado com tiros no peito na zona rural de Itapebi

A Polícia Militar foi avisada por transeuntes por volta das 7 horas na manhã desta quarta-feira (19). Estima-se que o crime fora cometido no final da madrugada desta...

POLÍCIA, 19 de Jun de 2019

Bandidos põem fogo em carro com repórter da TV Bahia na mala

Ele conseguiu destrancar porta e escapar do carro em chamas

OUTRAS NOTICIAS, 18 de Jun de 2019

Agnaldo Timóteo tem piora e está em estado crítico na UTI

O cantor está internado desde o dia 20 de maio, quando sofreu um AVC (acidente vascular cerebral

BRASIL, 18 de Jun de 2019

STJD mantém vitória do Palmeiras sobre o Botafogo no Brasileirão

Na manhã desta quarta-feira, em um tribunal itinerante realizado em Salvador, na Bahia, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva deu causa ganha ao Palmeiras sobre o...

ESPORTES, 18 de Jun de 2019

Preso em Brasília, Geddel pede para ser transferido para Salvador

Ministro do STF vai analisar o pedido feito pelo político

BRASIL, 18 de Jun de 2019

Ratinho e SBT terão de pagar R$ 200 mil a padres por reportagem falsa

Os padres foram acusados de infringir o celibato e acabaram entrando na justiça

FAMOSOS, 18 de Jun de 2019

Governadores do Nordeste criam “consórcio” para trazer médicos cubanos de Volta

Consórcio do Nordeste busca maior autonomia em relação ao governo Jair Bolsonaro e quer contato direto com organização para reativar o Mais Médicos na sua forma original.

BAHIA, 18 de Jun de 2019

Ônibus da Contrex Aracruz bate em traseira de carreta e deixa vários feridos

O ônibus da empresa Contrex Aracruz transportava passageiros, que estavam trabalhando na parada geral da Klabin, (unidade Monte Alegre)

ESTRADAS, 18 de Jun de 2019

Itapebi; Davi Dutra comemorou seu aniversário de 5 anos, com o tema Minecraft

Com muitas brincadeiras, a festa foi pura diversão! A Festa também teve Algodão Doce e pula-pula.

ITAPEBI, 17 de Jun de 2019

FALE CONOSCO

WhatsApp: (73) 8171-4770 Tel:(73) 8879-9975

Sem enquetes cadastradas

VÍDEOS

CANÔA SUISSA II
POSTADO: 09-12-2013 13:12

NOTAS SOCIAIS

  • Dados oficiais de Itapebi -Bahia

    Dados oficiais de Itapebi -Bahia História O município de itapebi teve sua origem depois que moradores do pequeno povoado de Cachoeirinha começaram a migrar para uma região um pouco mais distante devido a sucessivos acontecimentos naturais que devastaram o povoado. Cachoeirinha era um pequeno vilarejo localizado as proximidades do Rio Jequitinhonha, no sul do estado da Bahia. Sua população era composta de agricultores, pescadores,...


    Ver todas as notas
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • ...
  • 1155