ESPANCAMENTO DE JUÍZA TERÁ INTERVENÇÃO DA AMB

Geral
26 de Fevereiro de 2012 06h02

CASO QUE OCORREU EM PORTO SEGURO, NO EXTREMO-SUL DA BAHIA, MOBILIZA ASSOCIAÇÃO DE MAGISTRADOS BRASILEIROS E TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO; PROMOTOR DIONELES FILHO (ESQ.) TERIA AGREDIDO A JUÍZA NEMORA JANNSEN (DIR.) COM SOCOS E PONTAPÉS.

 

 

 

 

Um escândalo que chocou a Justiça baiana neste fim de semana promete ganhar repercussão nacional nos próximos dias. Trata-se do caso de um promotor que espancou uma juíza de Porto Seguro, município do extremo-sul da Bahia localizado a 707 quilômetros de Salvador. Na noite deste sábado, a assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça da Bahia informou que dois juízes já foram deslocados para o extremo-sul baiano, a fim de acompanhar o caso. A Associação de Magistrados também já foi mobilizada segundo a mesma fonte.

 

A juíza da comarca de Caravelas, Nemora de Lima Jannsen dos Santos, de 35 anos, teria sido espancada com socos e pontapés na madrugada desta sexta-feira (24) pelo promotor da Vara Criminal de Porto Seguro, Dioneles Leones Santana Filho, quando participava do Carnaporto, o carnaval prolongado do município – destino turístico internacionalmente conhecido.

 

No boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Proteção ao Turista de Porto Seguro (Deltur), a magistrada informou que estava em companhia do namorado, o advogado Leonardo Wishart, 27, em um camarote da Arena Axé Moi, quando o agressor se aproximou por trás com um soco que atingiu a sua nuca. Nemora teria ainda caído no chão e ainda recebido diversos chutes na cabeça e em outras partes do corpo. Wishart tentou lutar contra o promotor, mas também foi agredido com socos. O boletim ainda considera que a intenção do promotor era matar.

 

Antecedentes

 

A assessoria de comunicação do TJ informou que o promotor Dioneles Filho já havia se envolvido em confusões anteriormente e tinha antecedentes de reclamações registradas na Corregedoria do Ministério Público Estadual. Entre o estranhos casos envolvendo o promotor está a publicação de uma conversa que teve com um jornalista na qual dizia estar sendo ameaçado de morte pelo profissional da imprensa. Logo depois de conversar com o promotor, o jornalista, apelidado de Zé Ninguém, publicou o episódio em seu blog.

 

Por sua vez, a juíza não possui registros de reclamações de colegas, nem de cidadãos. Ela deverá vir a Salvador na terça-feira (28). A magistrada Nemora Santos já atuou na comarca de Porto Seguro e, conforme seu companheiro Leonardo Wishart disse ao Bahia Notícias, ela está bastante abalada e assustada com o episódio. O casal realizou exame de corpo de delito na manhã da sexta-feira no Complexo Policial de Porto Seguro. Ela ainda teria dito a Wishart desconhecer os motivos que levaram o promotor a cometer a agressão.

 

O promotor Valmiro Macedo, designado para apurar o caso, disse que uma equipe do Ministério Público vai a Porto Seguro investigar de perto os motivos da agressão. A assessoria do TJ ainda informou que a juíza tem direito à medida protetiva, que impede que o promotor se aproxime a menos de três metros dela.

 

Redação Itapebiacontece

Com informações da assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça, G1, Bahia Notícias, Blog do Zé Ninguém e Bahia247

 

 

Compartilhe por:

Envie um comentário:

*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*

Comentários

19 de Setembro de 2020 13h09

HOMEM É PRESO SUSPEITO DE ABUSAR DE CRIANÇA DE OITO ANOS NA CIDADE BAIXA EM ITAPEBI

O suposto molestador foi encontrado em sua casa e foi conduzido para a delegacia

19 de Setembro de 2020 08h09

Mundial de Clubes não será realizado este ano

stava agendado para dezembro, como é habitual, mas Gianni Infantino afirmou esta sexta-feira que não será disputado o Mundial de Clubes em 2020. O presidente da FIFA falou após a realização do 70.ª edição do congresso anual e explicou o porquê desta tomad

19 de Setembro de 2020 02h09

Primeira onda da covid-19 deve acabar em outubro, diz estudo da UFF

No Brasil e no hemisfério sul o pesquisador aponta que, se houver uma nova onda, ela será a partir da metade de março de 2021 e terá menor intensidade.