BAHIA PAUTA PREVENÇÃO À MONILÍASE DO CACAU EM REUNIÃO NACIONAL

Geral
26 de Fevereiro de 2012 09h02

“Não queremos que uma praga como esta, que se mostra mais drástica que a vassoura-de-bruxa, possa causar um novo dano social”.

 

 

A prevenção da monília ou monilíase do cacau (enfermidade do cacaueiro causada por um fungo) entrou na pauta da reunião do Conselho Nacional dos Secretários de Estado de Agricultura (Conseagri), nesta terça-feira, 28, em Porto Velho (RO). O assunto foi levantado pelo o secretário da Agricultura da Bahia e presidente do Conseagri, Eduardo Salles.

Apesar de não representar ameaça imediata à Bahia, maior produtor de cacau do Brasil, a Secretaria da Agricultura, via Agência de Defesa Agropecuária (Adab), e o Ministério da Agricultura (Mapa), via Comissão Executiva de Planejamento da Lavoura Cacaueira (Ceplac), querem prevenir a entrada da praga, que assola países produtores de cacau da América Latina e que fazem fronteira com os estados do Norte do Brasil.

 

“Não queremos que uma praga como esta, que se mostra mais drástica que a vassoura-de-bruxa, possa causar um novo dano social a uma das regiões agropecuárias mais importantes do estado. Não temos a ilusão que a Bahia consiga barrar definitivamente a chegada da monilíase, mas queremos atrasar esse processo ao máximo até que a pesquisa agropecuária possa encontrar meios para desenvolver a tecnologia de combate”, explicou o secretário.

 

Redação Itapebiacontece com informações Fonte&Mercado

Compartilhe por:

Envie um comentário:

*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*

Comentários

19 de Setembro de 2020 13h09

HOMEM É PRESO SUSPEITO DE ABUSAR DE CRIANÇA DE OITO ANOS NA CIDADE BAIXA EM ITAPEBI

O suposto molestador foi encontrado em sua casa e foi conduzido para a delegacia

19 de Setembro de 2020 08h09

Mundial de Clubes não será realizado este ano

stava agendado para dezembro, como é habitual, mas Gianni Infantino afirmou esta sexta-feira que não será disputado o Mundial de Clubes em 2020. O presidente da FIFA falou após a realização do 70.ª edição do congresso anual e explicou o porquê desta tomad

19 de Setembro de 2020 02h09

Primeira onda da covid-19 deve acabar em outubro, diz estudo da UFF

No Brasil e no hemisfério sul o pesquisador aponta que, se houver uma nova onda, ela será a partir da metade de março de 2021 e terá menor intensidade.