Bahia registra 54 óbitos por Covid-19 em 24 horas

Bahia
03 de Julho de 2020 19h07

Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Itajuípe (2.025,28), Gandu (1.956,61), Ipiaú (1.584,81), Uruçuca (1.471,81) e Itabuna (1.310,37).

Twitter: @ItapebiAcontece

 

 

O boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira (3) aponta que na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.965 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +3,7%), 54 óbitos (+2,8%) e 1.653 curados (+3,1%). Dos 82.314 casos confirmados desde o início da pandemia, 54.987 já são considerados curados,25.326 encontram-se ativos e 2.001 tiveram óbito confirmado.

As confirmações ocorreram em 390 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (46,09%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Itajuípe (2.025,28), Gandu (1.956,61), Ipiaú (1.584,81), Uruçuca (1.471,81) e Itabuna (1.310,37).

O boletim também contabiliza 82.314 casos confirmados, 175.806 casos descartados e 82.978em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (2).

 

ItapebiAcontece / BNews

Compartilhe por:

Envie um comentário:

*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*

Comentários

28 de Julho de 2021 11h07

Boxeador Baiano Keno Marley está a uma luta da medalha

Baiano venceu o chinês Caxiang Chen e enfrenta, na sexta-feira (30), o britânico Benjamin Wittaker

28 de Julho de 2021 09h07

Polícia prende três suspeitos e recupera objetos furtados em fazenda de Guaratinga

Eles foram interceptados pela polícia em estrada logo após o crime, segundo informações os suspeitos eram moradores de Itapebi.

28 de Julho de 2021 08h07

Covid-19: Adolescentes entre 12 a 17 anos serão incluídos na vacinação

dolescentes com comorbidades serão os primeiros a serem imunizados