Considerado SWAT Brasileira Batalhão do COT desembarca na capital para reforçar operação de combate à crime em Valéria

POLICIA FEDERAL
16 de Setembro de 2023 13h09

Quinze agentes do Comando de Operações Táticas (COT) de Brasília se integram a Operação 'Fauda'

Twitter: @arnaldofenix

Quinze agentes do “Batalhão de Elite” da Polícia Federal desembarcaram em Salvador para dar suporte nas operações contra o crime organizado na cidade, após intenso confronto das forças policiais contra traficantes no bairro de Valéria, que resultou na morte do policial federal Lucas Caribé Monteiro de Almeida e outros dois agentes ficaram feridos.

A Polícia Federal e Civil deflagraram a operação ‘Fauna’, retomada na última sexta-feira (15), a fim de desarticular as organizações criminosas da capital baiana conta agora com reforço da equipe do Comando de Operações Táticas (COT) de Brasília.

Conheça o COT, "S.W.A.T Brasileira" que é a Tropa de Elite da Polícia Federal e vai atuar na Valéria

 Os policiais fazem parte da equipe do Comando de Operações Táticas (COT) de Brasília. Eles chegaram equipados de um helicóptero à capital baiana para atuar em conjunto com as Polícias Civil e Militar.

Mas, você sabe o que é a COT? O ItapebiAcontece explica

Treinado para atuar na Copa do Mundo de 2014, a unidade de operações especiais e contraterrorismo da PF era tida como uma espécie de "última alternativa",  caso as outras forças de segurança que atuariam no mundial no Brasil falhassem. 

A Tropa de Elite da PF, conhecida como S.W.A.T Brasileira, famosa nos Estados Unidos por atuar em situações de risco que necessitam do uso de armas e táticas especiais, foi criada em 1987 para combater o terrorismo no Brasil.

Com uma carga de pouco mais de 100 operações por ano, a equipe do COT é formada por policiais federais treinados à exaustão para atuar em situações diversas, como desarme de bombas, resgate de reféns e até assalto a bancos, prisão de traficantes internacionais e operações de reintegração de terras indígenas.

O COT é a única tropa brasileira permitida a operar com munição calibre 338, capaz de parar um veículo com um único tiro. Os agentes são treinados a acerteram alvos a uma distância de até 1 000 metros, o equivalente a dez campos de futebol no padrão da Fifa.

Para integrar a "S.W.A.T Brasielira", e ser um agente federal de elite, é preciso o policial fazer parte do quadro de agentes da Polícia Federal e se dispor a passar por um curso de 18 semanas.

No curso, os candidatos recebem um número, um uniforme e têm cabeça raspada. Eles são levados a LINs (sigla para “local incerto e não identificado”), onde passam por treinamentos de operações aéreas, anfíbias, ribeirinhas e aprendem técnicas para pilotar e parar um trem.

O treinamento engloba também a privação de sono e de alimentação. E, no final, mais da metade dos candidatos não chega ao fim do curso. 

ItapebiAcontece com Informações do BNews

 

Compartilhe por:

Envie um comentário:

*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*

Comentários

03 de Outubro de 2023 11h10

Estado da Bahia registrou 20 tremores de terra em setembro

O tremor de maior magnitude aconteceu entre Curaça e Jaguarari

03 de Outubro de 2023 11h10

Eunápolis; três suspeitos morrem após troca de tiros com a PM

Homens estariam em veículo roubado quando começaram tiroteio com a polícia

03 de Outubro de 2023 08h10

Homem é preso por caça ilegal e porte irregular de arma

A caça ilegal provoca desequilíbrio ambiental e o consumo de carne de animais silvestres abatidos ilegalmente pode ser prejudicial à saúde