Delação de Mauro Cid deu base para ação da PF contra Bolsonaro e aliados nesta quinta (8)

POLICIA FEDERAL
08 de Fevereiro de 2024 10h02

Colaboração do ex-ajudante de ordens de Bolsonaro municiou a PF para fundamentar ações contra os acusados

Tweitter: @arnaldofenix

'

A operação Tempus Veritatis, deflagrada pela Polícia Federal (PF) nesta quinta-feira (8), mirando Jair Bolsonaro (PL), ex-ministros e assessores do ex-presidente, teve como base a delação do ex-ajudante de ordens da Presidência da República Mauro Cid. Conforme a CNN, a informação foi confirmada por fontes da própria PF.

Ainda de acordo com a emissora, os mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão cumpridos nesta quinta foram autorizados pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), dentro do inquérito das milícias digitais.

Segundo os investigadores, “boa parte” das acusações que fundamentaram as ações tiveram confirmação com a colaboração premiada do tenente-coronel Mauro Cid. Integrantes da PF contaram ainda que a delação vem produzindo resultado há alguns meses.

ItapebiAcontece

Compartilhe por:

Envie um comentário:

*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*

Comentários

29 de Fevereiro de 2024 17h02

Câmara esconde lista de deputados que assinaram pedido de impeachment contra Lula

Esses parlamentares, apesar de integrarem legendas da base governista, já são em suas totalidades oposicionistas, a maior parte deles bolsonaristas assumidos

29 de Fevereiro de 2024 11h02

Caixa abre inscrições para concurso com 4 mil vagas para médio e superior

Salários podem chegar a mais de R$ 14 mil

29 de Fevereiro de 2024 10h02

Baianos serão beneficiados com novos canais de TV digital; dentre eles os eunapolitanos

Ministério das Comunicações libera a retransmissão de TV digital em quatro municípios do estado