Esporte: São Paulo vence o Palmeiras nos pênaltis e é campeão da Supercopa do Brasil

Esportes
05 de Fevereiro de 2024 11h02

O São Paulo é campeão da Supercopa do Brasil. Hoje (4), depois do empate em 0 a 0, no Mineirão, em Belo Horizonte, o Tricolor venceu o Palmeiras por 4 a 2 nos pênaltis e levou a taça. O goleiro Rafael brilhou ao pegar duas cobranças.

Twitter: @arnaldofenix

Imagens: Reprodução

O São Paulo é campeão da Supercopa do Brasil. Hoje (4), depois do empate em 0 a 0, no Mineirão, em Belo Horizonte, o Tricolor venceu o Palmeiras por 4 a 2 nos pênaltis e levou a taça. O goleiro Rafael brilhou ao pegar duas cobranças.

Durante o tempo normal, tanto Palmeiras quanto São Paulo tiveram chances de abrir o placar, mas as boas atuações dos goleiros Weverton e Rafael impediram a bola de balançar as redes.

Já nas cobranças, Rafael parou Piquerez e Murilo, garantindo o triunfo de sua equipe.

A conquista dá ao São Paulo a condição de 'campeão de tudo'. O Tricolor já foi campeão de todos os títulos de elite que disputou, incluindo Estadual, Libertadores, Mundial, Sul-Americana, Recopa, Brasileiro, Copa do Brasil, e agora Supercopa do Brasil.

Pênaltis definem campeão
Calleri abriu as cobranças e marcou. Veiga bateu e igualou o placar: 1 a 1.

Galoppo recolocou o São Paulo na frente. Gabriel Menino devolveu a igualdade ao placar: 2 a 2.

Pablo Maia cobrou o terceiro do São Paulo e novamente colocou na rede. Murilo bateu o terceiro para o Palmeiras e Rafael defendeu: 3 a 2 para o Tricolor.

Michel Araújo fez o quarto do São Paulo. Piquerez bateu, Rafael defendeu e encerrou a disputa.

Como foi o jogo
Palmeiras e São Paulo trocaram golpes no começo da partida. Ambos buscaram o ataque e tiveram suas oportunidades brecadas por boas ações dos goleiros. Weverton e Rafinha foram os protagonistas nos primeiros 45 minutos de jogo, mantendo o 0 a 0 no placar e a incerteza sobre quem levaria a taça.

A igualdade de forças tomou o segundo tempo. O Palmeiras teve melhores oportunidades, mas o São Paulo também assustou. Mesmo com ações de Carpini e Abel Ferreira tornando seus times mais ofensivos, ninguém balançou as redes e o campeão foi conhecido nos pênaltis.

Foi um clássico disputado com vigor e intensidade até demais. Sobraram lances ríspidos com choques firmes e utilização do braço no rosto do oponente. A forma de coibir tais ações foi o cartão amarelo, distribuído sem qualquer pudor pelo árbitro.
Corneta por causa do bandeirão
A Torcida Independente, do São Paulo, chegou em cima da hora no estádio, teve dificuldades em abrir seu bandeirão durante o primeiro tempo e ouviu corneta. A Mancha Verde, do Palmeiras, que minutos mais tarde conseguiu expandir o dela sem problemas, não perdoou os rivais gritando: "Não é mole não, você não sabe subir um bandeirão"..

Gols e melhores lances
Defendeu, Rafael! Rony dominou e bateu forte, cruzado, mas Rafael espalmou, aos 2 minutos do primeiro tempo.

Tira, Murilo! Cruzamento na área do Palmeiras, Gómez cortou e a bola sobrou dentro da área. O ataque do São Paulo chegaria para concluir não fosse a ação de Murilo, que jogou para escanteio, com 20 minutos do primeiro tempo.

Salva, Weverton! Calleri venceu uma disputa física e a bola sobrou para Nikão, que bateu. A bola desviou e Weverton teve reflexo para defender.

Pegou, Rafael! Aos 25 minutos do primeiro tempo, Mayke entrou pela direita cara a cara com Rafael e bateu cruzado, mas o goleiro do São Paulo espalmou.

Pra fora! Mayke cruzou da direita e Flaco López concluiu de primeira, mas para fora, aos 4 minutos do segundo tempo.

Tira, Moreira! Mayke deu um drible em Michel Araújo e bateu cruzado, mas Moreira afastou antes do gol, aos 31 minutos do segundo tempo.

Perdeu, Calleri. Uma falha do Palmeiras na saída de bola deixou Calleri cara a cara com Weverton. O atacante bateu, mas o goleiro defendeu, aos 32 minutos do segundo tempo.

FICHA TÉCNICA:
Palmeiras (2) 0 x 0 (4)São Paulo
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data e hora: 04/02/2024 (domingo), às 16h (de Brasília)
Motivo: Supercopa do Brasil 2024
Árbitro: Braulio Machado da Silva (Fifa/SC)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique (Fifa/RJ) Correa e Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG)
VAR: Wagner Reway (VAR-Fifa/ES)
Público: 42.741 (total)
Renda: R$ 7.736.903,00
Cartões amarelos: Luciano, Pablo Maia, Wellington, Erick (SP); Raphael Veiga, Zé Rafael, Flaco López, Marcos Rocha, Luis Guilherme (PAL)

Palmeiras
Weverton; Gustavo Gómez, Marcos Rocha e Murilo; Mayke (Gabriel Menino), Richard Ríos (Moreno), Zé Rafael (Luis Guilherme), Raphael Veiga e Piquerez; Rony e Flaco López (Jhon Jhon).
Técnico: Abel Ferreira.

 

São Paulo
Rafael; Rafinha (Moreira), Arboleda, Diego Costa e Welington (Erick); Alisson, Pablo Maia, Wellington Rato (Ferreira), Luciano (Galoppo) e Nikão (Michel Araújo); Calleri.
Técnico: Thiago Carpini

Por: UOL

Compartilhe por:

Envie um comentário:

*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*

Comentários

29 de Fevereiro de 2024 17h02

Câmara esconde lista de deputados que assinaram pedido de impeachment contra Lula

Esses parlamentares, apesar de integrarem legendas da base governista, já são em suas totalidades oposicionistas, a maior parte deles bolsonaristas assumidos

29 de Fevereiro de 2024 11h02

Caixa abre inscrições para concurso com 4 mil vagas para médio e superior

Salários podem chegar a mais de R$ 14 mil

29 de Fevereiro de 2024 10h02

Baianos serão beneficiados com novos canais de TV digital; dentre eles os eunapolitanos

Ministério das Comunicações libera a retransmissão de TV digital em quatro municípios do estado