Idosa é morta pelo filho após tentar separar briga entre ele e irmã

Polícia
09 de Janeiro de 2020 22h01

Caso aconteceu na tarde desta quinta-feira (9), na Rua Silveira Martins. Homem foi levado para Central de Flagrantes, no bairro da Pituba. Não há detalhes sobre a briga.

Twitter: @ItapebiAcontece

Uma idosa de 64 anos foi morta pelo filho após tentar separar uma briga entre o autor do crime e irmã dele, na tarde desta quinta-feira (9), no bairro do Cabula, em Salvador. Segundo a polícia, o suspeito, que não teve a identidade relevada, foi levado para a Central de Flagrantes.

Segundo informações da polícia, a vítima, identificada como Giscelia da Silva Correia, foi morta com uma espécie de serra, usada por ela para fazer bolos. Não há detalhes sobre o que motivou a briga entre os filhos da idosa.

De acordo com a polícia, a filha de Giscelia Correia, que não teve a identidade revelada, tem transtorno mental. Ela não ficou ferida durante a briga.

O caso aconteceu na Rua Silveira Martins, por volta das 15h. Equipes do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foram acionadas, mas quando chegaram ao local, a vítima estava morta.

O caso vai ser investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro da Pituba. O corpo de Giscelia foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Salvador.

 

Por G1

Compartilhe por:

Envie um comentário:

*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*

Comentários

19 de Setembro de 2020 13h09

HOMEM É PRESO SUSPEITO DE ABUSAR DE CRIANÇA DE OITO ANOS NA CIDADE BAIXA EM ITAPEBI

O suposto molestador foi encontrado em sua casa e foi conduzido para a delegacia

19 de Setembro de 2020 08h09

Mundial de Clubes não será realizado este ano

stava agendado para dezembro, como é habitual, mas Gianni Infantino afirmou esta sexta-feira que não será disputado o Mundial de Clubes em 2020. O presidente da FIFA falou após a realização do 70.ª edição do congresso anual e explicou o porquê desta tomad

19 de Setembro de 2020 02h09

Primeira onda da covid-19 deve acabar em outubro, diz estudo da UFF

No Brasil e no hemisfério sul o pesquisador aponta que, se houver uma nova onda, ela será a partir da metade de março de 2021 e terá menor intensidade.