OFENSAS E MUITAS DISCUSSÕES; ASSIM FOI A SESSÃO NA CÂMARA MUNICIPAL DE ITAPEBI

Política
02 de Outubro de 2019 12h10

Presidente suspende sessão por falecimento de Itapebiense e vereadores inscritos para pronunciamentos em plenário reivindicam continuidade e os ânimos se inflamam. Resultado; representação para destituição do Presidente Paulinho de fifia.

Twitter: @ItapebiAcontece

Fotos: Arnaldo Alves / ItapebiAcontece

 

No início da noite desta terça-feira (01), o Presidente da câmara municipal de Itapebi iniciou a sessão como de costume com o pedido de oração, um Pai Nosso feito pelo Vice-presidente da casa o vereador Vando  e    sequenciando os trabalhos, fora feita as leituras de praxe pelo primeiro secretário Cristiano Pereira.

Em seguida o presidente anunciou que na próxima semana, (próxima sessão do dia 8 de outubro), seria específica para apreciação do projeto do decreto legislativo sobre as contas da prefeitura municipal de Itapebi relativo ao exercício financeiro do ano de 2017.

 

 

Sequenciando o presidente disse que tinham em mãos os requerimentos dos vereadores para fazerem uso da palavra. Em seguida anunciou que a poucos instantes havia recebido uma noticia triste sobre o óbito do senhor  Elvídio Hermano Stolze de 73 anos que era de uma família tradicional de Itapebi, que respeitando essa família e por não ter ordem do dia os requerimentos dos vereadores seguiriam  automaticamente para a próxima sessão e em seguida anunciar que a sessão desta terça-feira 01 de Outubro estaria suspensa.

Até aí tudo para o entendimento dos presentes estava normal para uma sessão ordinária de uma câmara municipal. Mais no momento do término do pronunciamento do presidente e já com os microfones fechados, o vereador Leonardo Ribeiro dos Santos “Leo de Noeme” ‘pediu pela ordem excelência’ , e, de acordo com suas ponderações e entendimento sobre o Regimento interno  da casa, observou que o presidente não poderia suspender a sessão.

 

 

Dai para frente virou discussão inadequada para um plenário de uma casa de leis aonde as pessoas vão para ouvir propostas e prestação de contas dos serviços daqueles que foram eleitos para representar a comunidade junto aos seus interesses como munícipes.

 

 

 E em seguida com observações de conhecimento de leis pelos edis envolvidos na discussão o vereador Leonardo Ribeiro dos Santos “Leo de Noeme” (PSB) iniciou seu insistente pedido de “pela ordem” para ler seu pronunciamento sobre representação  contra o Presidente da mesa diretora da casa, Paulo Roberto Rosa Pereira “ Paulinho de Fifia”.

 

Quando após muitas discussões por parte de Leo de Noeme e Paulinho de Fifia e outros presentes no auditório da casa, o vereador requerente Leo de Noeme , baseado nos Artigos 123 e 234 do regimento interno e Artigo 32 da lei orgânica do município, apresentou representação contra o Presidente Paulinho.

 

 

A sequencia da sessão suspensa e que insistentemente fora pedida pelo vereador Leo de Noeme, o Vice-presidente Vando, realizou na terça-feira,  1º de outubro por 7 dos vereadores oficialmente presentes e 6 que votaram e aprovaram a representação apresentada pelo vereador Leo de Noeme para destituição do cargo do atual presidente daquela Casa de Leis, vereador Paulo Roberto Rosa Pereira “Paulinho de Fifia” (PP).

 

 

A representação foi aceita por seis vereadores, a partir da notificação o representado terá 15 dias para que exerça a ampla defesa e contraditório, após esse prazo o será encaminhado oficio ao denunciante da representação para que ele confirme ou desista das denúncias num prazo de 5 dias. Tudo isso de acordo com o Regimento Interno da câmara de vereadores de Itapebi.

 

 

Presentes a sessão estavam os nove Vereadores: Paulo Henrique Nascimento Almeida, não votou porque se ausentou a partir do momento que o presidente suspendeu a sessão e o vereador Leonardo Ribeiro “Leo de Noeme” (PSB), autor da representação contra o presidente, se absteve de votar.

Votaram a favor da representação Fi do Bairro Novo, Damião Teixeira, Cristiano Pereira, Cleide Moreira, Vando e Biton.

O que se viu a partir dê foi uma tremenda bagunça no plenário em que muita discussão aconteceu. Muita “roupa suja” foi exposta para todos presentes ter conhecimento. Acredita-se que as próximas sessões acontecerão com requintes de muita “baixaria”.

Numa câmara que se espera somente o que é de interesse para a comunidade, entende-se que desta forma está muito difícil o município progredir com tais atuações e “mazelas”.

A pergunta que não quer calar.

“Será que tudo isso que esta acontecendo é realmente de interesse da comunidade, ou puramente e exclusivo dos interesses e vaidades pessoais”?

“Filhos de sadia gente de um canoeiro abnegado de um povo hospitaleiro e trabalho abençoado”...

 

...Esta terra é generosa os seus frutos são de ouro como se isso fosse pouco o  seu povo é um tesouro...

 

“Itapebi oh minha terra eis a mais bela entre outras mil, Itapebi olha o futuro, tu és reserva do meu Brasil”...

 

...Assim diz estrofes do hino de Itapebi.

 

 

 

Por: Arnaldo Alves / ItapebiAcontece

Compartilhe por:

Comentários

*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*
23 de Outubro de 2019 18h10

Conheça o adolescente que vende paçoca para realizar sonho de ser empresário

Além de vender paçoca, o garoto também faz palestras em escolas públicas sobre educação financeira

23 de Outubro de 2019 18h10

TRF-4 decidirá no dia 30 se mantém condenação de Lula no caso do sítio

No processo do sítio de Atibaia, Lula foi condenado a 12 anos e 11 meses de prisão, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro

23 de Outubro de 2019 13h10

DEPUTADO JÂNIO NATAL SUGERE AÇÕES PARA MINIMIZAR PREJUÍZOS NO LITORAL BAIANO PROVOCADO PELO ÓLEO NAS PRAIAS

Para o legislador, uma verdadeira tragédia ecológica e econômica se anuncia sobre Extremo Sul baiano “