Óleo misterioso atinge mais um município baiano e é identificado em Praia do Forte

Meio Ambiente
09 de Outubro de 2019 09h10

Prefeitura de Mata de São João acionou o Ibama e o Inema

Twitter: @ItapebiAcontece

 

Imagem: Reprodução

O óleo que se espalhou por toda a costa do Nordeste e havia atingido três municípios baianos chegou nesta terça-feira (8) a mais um: Mata de São João, mais especificamente na turística Praia do Forte.

Moradores e frequentadores da região identificaram a presença do petróleo na região onde fica o Tamar, já nas proximidades da Praia do Lorde, nesta manhã.

Coordenadora de licenciamento e fiscalização ambiental da prefeitura de Mata de São João, Yuka Fujiki informou ao jornal Correio que as manchas foram encontradas nos dois pontos após a subida da maré. A prefeitura acionou o Ibama e o Inema.

“A orientação é aguardar a chegada deles porque, antes de retirar (o material), é necessário fazer um protocolo de recolhimento estabelecido pela Petrobras. Ainda são pontos bem diminutos, mas infelizmente, existe essa triste realidade”, lamentou.

 

ItapebiAcontece

Compartilhe por:

Envie um comentário:

*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*

Comentários

25 de Maio de 2020 20h05

COM 22 NOVOS CASOS POSITIVOS DE COVID-19 EM PORTO SEGURO O NÚMERO DE INFECTADOS CHEGA A 82

Boletim Epidemiológico atualizado 22 novos casos do Novo Coronavírus, Com os resultados, a cidade passa a registrar 82 caos positivos da Covid-19.

25 de Maio de 2020 19h05

Bahia já tem 477 mortos e 14.204 casos confirmados de coronavírus

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) realizou 45.509 exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para identificar o genoma viral do coronavírus, no período de 1° de março a 25 de maio de 2020.

25 de Maio de 2020 17h05

ITAPEBI; EM VÍDEO E NOTA AO ITAPEBIACONTECE PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO CLAUDIO DIZ NÃO TER PARTICIPADO DA CARREATA

A matéria publicada pelo ItapebiAcontece repercutiu na imprensa regional, inclusive imprensa televisada