Rede de recarga conecta capitais do Nordeste

TECNOLOGIA
03 de Abril de 2024 08h04

Neoenergia investe em eletrovia com cerca de 1.200 km e soma 17 estações de recargas, sendo uma em Salvador

Twitter: @arnaldofenix

 

No Senai-Cimatec carregadores são de recarga rápida - Foto: Divulgação

A baixa velocidade de crescimento da rede pública de eletropostos é vista como um gargalo para o avanço da eletromobilidade no Brasil, em especial na região Nordeste. O projeto Corredor Verde, da Neoenergia, dá sua contribuição para acelerar o processo, ao implantar o primeiro corredor elétrico e a maior eletrovia de recargas rápidas do Norte-Nordeste, com cerca de 1.200 km de extensão. São 17 estações de recargas instaladas, conectando seis capitais: Salvador (BA), Aracaju (SE), Maceió (AL), Recife (PE), João Pessoa (PB) e Natal (RN).

Das 17 estações de carregamento, seis foram instaladas em shoppings para o uso público, nas cidades de Salvador - BA, Recife - PE e Natal – RN, sendo duas em cada empreendimento. As demais estações encontram-se ao longo das rodovias que interligam os estados da Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Em 2021, os primeiros pontos de recarga que integram o projeto Corredor Verde foram instalados em shoppings de Salvador, Recife e Natal, dois em cada um dos estabelecimentos: Shopping da Bahia (Salvador), RioMar Shopping (Recife) e Natal Shopping (Natal). “São dois tipos de carregadores. Os de recarga rápida e os tipo wallbox. Os tipo wallbox, que estão localizados nos estacionamentos dos shopping centers, levam cerca de 8 horas para a recarga total, a depender do modelo do veículo. Já os de recarga rápida, localizados em pontos estratégicos das rodovias, podem realizar uma carga completa em até 1 hora, a depender do modelo do veículo. Todos os veículos elétricos e híbridos plugin (com possibilidade de recarga) podem ser carregados nessas estações”, explica o gerente corporativo de P&D da Neoenergia, José Antônio Brito.

Cobrança

“O serviço de carregamento iniciou de forma gratuita, para testes da infraestrutura, e passou a ser cobrado a partir de fevereiro de 2022. Atualmente, ainda são gratuitos os carregamentos realizados nas estações em shopping centers. Já para os demais carregadores (os de recarga rápida), o valor é de R$ 1,25 / kWh. Este valor remunera a energia provida aos veículos, bem como todos os serviços de operação e manutenção do Corredor Verde”, justifica Brito. Há um posto de carregamento rápido no Senai-Cimatec, em Salvador.

Motorista por aplicativo há seis anos, Sílvio Veloso Oliveira comprou um BYD Dolphin EV em 23 de janeiro, entre outros motivos, para ter economia de combustível. Ele adquiriu o carro mesmo antes de instalar um ponto de recarga na garagem de casa. “Agora estou tranquilo porque a obra acabou; a Neoenergia fez o serviço para que minha carga passasse de monofásica para trifásica e eu consigo carregar meu veículo em casa. Alívio!”, comenta Oliveira. Antes, ele fazia a recarga em apenas dois eletropostos públicos.

“Os postos de carregamento públicos são bem escassos. Em Salvador, eu conheço apenas dois de carregamento rápido: um que fica no Senai/Cimatec, em Piatã (da Neoenergia), e outro no posto escola da rede Petrobras, no Stiep”, comenta o motorista por app. Para instalar um ponto de carregamento na garagem de sua casa, investiu R$ 4 mil.

SuperChargers

Além das estações nos shoppings, o Corredor Verde conta com pontos de recarga ao longo das vias, que conectam os seis estados no formato SuperChargers, que permitindo uma carga rápida, em cerca de 40 minutos, 1 hora, a depender do modelo. “Está em andamento o remanejamento de duas estações de recarga que estavam localizadas em Feira de Santana (BA) e Porto Real do Colégio (AL). Essas estações serão reinstaladas em locais estratégicos do Corredor Verde”, adianta o gerente da Neoenergia, José Brito.

Até o momento foram investidos mais de R$ 17,4 milhões no Corredor Verde, projeto do Programa de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Neoenergia, regulado pela ANEEL. “Trata-se da primeira e única eletrovia do Norte-Nordeste, interligando Salvador a Natal, e uma das maiores do Brasil, permitindo o tráfego de veículos elétricos pelas rodovias da região“, destaca Brito.

Vendas e desafios

Pelo terceiro mês consecutivo, os veículos 100% elétricos (BEV) lideraram as vendas de eletrificados leves no mercado nacional em fevereiro, com 3.639 emplacamentos, ou 34,8% do total neste segmento (10.451). Segundo a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), eles foram seguidos de perto pelos veículos elétricos híbridos com recarga externa (PHEV), com 3.594 unidades vendidas, ou 34,4%.

Embora os números confirmem que as vendas de carros 100% elétricos avançam em ritmo acelerado, a escassez de postos públicos de recarga nas áreas urbanas e nas estradas adia a decisão de compra de muitos consumidores, em especial aqueles que usam o carro para trabalho ou viajam muito.

“Por questões ambientais e energéticas e pela redução do custo de combustível, eu vejo o carro 100% elétrico como uma alternativa muito interessante. Mas no momento eu não compraria um veículo puro elétrico, e sim um híbrido. Por uma questão logística: a rede de postos de recarga ainda é pequena em Salvador e no interior, ou melhor no Brasil”, afirma o advogado Jubrã Ferreira dos Santos, presidente do Instituto de Saúde e Educação do Nordeste (Isen). Ele lembra que para quem mora em condomínios, a depender do prédio, criar um ponto de recarga pode ser muito complicado.

“Ao viajar por exemplo, não há segurança de que na estrada haverá ponto para abastecer, quando necessário”. Outro problema apontado por Jubrã diz respeito às dúvidas sobre a autonomia das baterias dos veículos que estão no mercado. “A autonomia pode se tornar menor, de acordo com algumas condições de direção, dentre outros fatores, mas isso não é divulgado”, comenta.

Como encontrar pontos de recarga

App Corredor Verde

A Neoenergia lançou o aplicativo Corredor Verde para auxiliar os usuários no planejamento de rotas e localização dos pontos de recarga. No app há a disponibilidade dos pontos de recarga em tempo real, assim como as informações das características técnicas (conectores, potência etc). Permite acompanhar o processo de recarga do veículo. Disponível para Android e iOS.

PlugShare PlugShare é um aplicativo móvel e web que tem informações sobre a localização e detalhes de estações de carregamento para automóveis elétricos.

https://www.plugshare.com/

Tupinambá

No aplicativo da Tupinambá Energia também há informações sobre a localização e as estações de carregamento para elétricos.

https://tupinambaenergia.com.br/

Google Maps

O Google Maps indica a localização de pontos de recarga. Ao fazer pesquisas como “EV Charging”, o usuário recebe no mapa a localização de pontos de recarga mais próximos junto com algumas informações, incluindo endereço, procedência e análises de pessoas que já passaram por ali.

https://www.google.com/maps/place/EZvolt+Charging+Station/

Autor: Núbia Cristina - A Tarde

Compartilhe por:

Envie um comentário:

*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*

Comentários

14 de Abril de 2024 11h04

Porsche que causou a morte de motorista de aplicativo foi financiado até 2027

O automóvel é avaliado em R$ 1,3 milhões, e o IPVA do modelo, pago anualmente, é de quase R$ 34 mil.

14 de Abril de 2024 10h04

Verdão pronto para iniciar caminhada no Brasileirão em busca do tri!

Zé Rafael não treina e deve abrir vaga para Richard Ríos no meio de campo do Verdão

14 de Abril de 2024 09h04

Confronto com o Irã “ainda não acabou”, diz ministro da Defesa de Israel

Yoav Gallant é um dos três homens que compõem o gabinete de guerra israelense