Secretário de Saúde da Bahia comenta sobre risco de Coronavírus no Carnaval: "Não é para estar apavorado"

Bahia
13 de Fevereiro de 2020 20h02

Vilas-Boas afirmou que a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) está finalizando um plano de ação local para lidar com a possível chegada do vírus no Estado

Twitter: @ItapebiAcontece

Imagem: Reprodução

secretário de saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, minimizou, nesta quinta-feira (13), os possíveis impactos da chegada do Coronavírus na Bahia, durante o carnaval. Em entrevista à imprensa, Vilas-Boas ressaltou a diminuta taxa de letalidade e infectividade da doença.

"Se a gente conseguir que quem está doente não vá pra rua, é fantástico [...]quando ele [Corona vírus] vier, não é para estar apavorado, a letalidade dele é baixa, apenas 2% das pessoas morrem e a infectividade também é baixa, enquanto o sarampo contamina 18 pessoas, esse vírus contamina 1.7 e o da gripe normal contamina 1.8", afirmou o secretário.

O secretário rechaçou a possibilidade de uma virose local atingir a Bahia, durante a comemoração. "Não tem virose local, normalmente, os órgãos de controle do mundo inteiro mapeiam as cepas virais que estão circulando e preparam o coquetel da vacina", garantiu Vilas-Boas.

Vilas-Boas afirmou que a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) está finalizando um plano de ação local para lidar com a possível chegada do vírus no Estado. "Estamos finalizando essas definições, isso está sendo feito com toda rede de secretários municipais de saúde. Nossa sazonalidade para doenças virais respiratórias é lá pro final de abril/maio, nós estamos trabalhando para garantir que o nosso plano seja o mais racional e eficiente, possível", declarou.

Ainda sobre o sistema de saúde baiano, Vilas-Boas comemorou que a Sesab adquiriu "um equipamento para o laboratório central que vai permitir o diagnóstico de 23 vírus respiratórios em uma hora. Todos os casos, adequadamente suspeitos, que viermos a ter de corona vírus, poderão ser, adequadamente, afastados dentro de uma hora a partir que a amostra chegar no laboratório, com isso a gente consegue diagnosticar 23 tipos de vírus, todos os vírus que costumam causar quadros gripais podem ser excluídos em uma hora".

 

ItapebiAcontece com BNews

Compartilhe por:

Envie um comentário:

*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*

Comentários

12 de Agosto de 2020 12h08

Contradição no depoimento de Flávio Bolsonaro sobre suposto funcionário fantasma

Aos promotores que investigam o caso da “rachadinha”, Flávio citou como exemplo de atribuição de Wellington Sérvulo Romano da Silva o auxílio em um comissão

12 de Agosto de 2020 11h08

JUSTIÇA ELEITORAL DECLARA ILEGAL PESQUISA NO EXTREMO SUL BAIANO

O Juiz declarou a pesquisa não registrada devidamente, e julgou procedente uma ação, para determinar a suspensão da sua divulgação.

12 de Agosto de 2020 10h08

Avó de Michelle Bolsonaro morre com diagnóstico de Covid-19

Maria Aparecida morreu aos 80 anos no Hospital Regional de Ceilândia