Avião ucraniano cai no Irã e deixa ao menos 170 mortos

Mundo
08 de Janeiro de 2020 08h01

O avião da Ukraine International Airlines caiu devido a problemas técnicos após decolar do aeroporto internacional Imam Khomeini

Twitter: @ItapebiAcontece

 

Na madrugada desta quarta-feira (8), um Boeing 737 da companhia Ukraine International Airlines caiu no Teerã devido a problemas técnicos após decolar do aeroporto internacional Imam Khomeini. A TV estatal iraniana veiculou que todos os passageiros a bordo da aeronave morreram no acidente.

Segundo informações iniciais, o avião levava 180 pessoas, entre passageiros e tripulantes. No entanto, o porta-voz da Organização de Aviação Civil do Irã, Reza Jafarzadeh, informou que o número total de pessoas a bordo eram 170.

Equipes de resgate foram enviadas para uma área próxima ao aeroporto e ainda não há confirmação sobre identidade das possíveis vítimas até o momento.

"O avião está pegando fogo, mas nós enviamos equipes... e podemos salvar alguns passageiros", disse a princípio o chefe dos serviços de emergência do Irã, Pirhossein Koulivand.Mais tarde, acrescentou: "O fogo é tão forte que não podemos fazer nenhum resgate... temos 22 ambulâncias, quatro ônibus-ambulâncias e um helicóptero no local".

De acordo com informações do serviço de rastreamento aéreo FlightRadar24, o avião operava o voo PS 752. Consultada, a Boeing disse que a empresa está ciente dos relatos da mídia sobre um acidente de avião no Irã e coleta mais informações.

 

ItapebiAcontece

 

Compartilhe por:

Envie um comentário:

*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*

Comentários

19 de Setembro de 2020 13h09

HOMEM É PRESO SUSPEITO DE ABUSAR DE CRIANÇA DE OITO ANOS NA CIDADE BAIXA EM ITAPEBI

O suposto molestador foi encontrado em sua casa e foi conduzido para a delegacia

19 de Setembro de 2020 08h09

Mundial de Clubes não será realizado este ano

stava agendado para dezembro, como é habitual, mas Gianni Infantino afirmou esta sexta-feira que não será disputado o Mundial de Clubes em 2020. O presidente da FIFA falou após a realização do 70.ª edição do congresso anual e explicou o porquê desta tomad

19 de Setembro de 2020 02h09

Primeira onda da covid-19 deve acabar em outubro, diz estudo da UFF

No Brasil e no hemisfério sul o pesquisador aponta que, se houver uma nova onda, ela será a partir da metade de março de 2021 e terá menor intensidade.