TAXA DE HOMICÍDIOS EM PORTO SEGURO EM 2019 É A MENOR EM TREZE ANOS.

Polícia
09 de Janeiro de 2020 21h01

O numero absoluto de homicídios despencou 51,6% com relação ao ano de 2018. E atingiu marca histórica na cidade.

Twitter: @ItapebiAcontece

O indicador de homicídio na Cidade de Porto Seguro atingiu seu menor patamar em treze anos. De acordo com informação revelada pelo 8°BPM, a taxa de homicídios do ano de 2019 foi de 29,5.

Os dados divulgados, apesar de estarem ainda tecnicamente longe do ideal, apontam para uma redução sistêmica nos últimos anos do número de homicídios na cidade (que já havia alcançado uma marca expressiva no ano passado), isso após atingir um patamar histórico de 100 mortes para cada 100 mil habitantes no ano de 2010. 

 

A taxa de homicídios é o quociente obtido pela divisão entre número de crimes e a população local. No caso de Porto Seguro foi levado em consideração apenas os moradores, conforme base de indicadores do IBGE, sendo descontado o enorme fluxo turístico que visita a cidade todos os meses do ano.

 

ItapebiAcontece - ASCOM.8°BPM-PORTO SEGURO

Compartilhe por:

Envie um comentário:

*Nota: O depoimento e comentário aqui postados são de inteira responsabilidade dos emitentes. Cabendo ainda os responsáveis pelo Site Itapebiacontece moderar as postagens.*

Comentários

19 de Setembro de 2020 13h09

HOMEM É PRESO SUSPEITO DE ABUSAR DE CRIANÇA DE OITO ANOS NA CIDADE BAIXA EM ITAPEBI

O suposto molestador foi encontrado em sua casa e foi conduzido para a delegacia

19 de Setembro de 2020 08h09

Mundial de Clubes não será realizado este ano

stava agendado para dezembro, como é habitual, mas Gianni Infantino afirmou esta sexta-feira que não será disputado o Mundial de Clubes em 2020. O presidente da FIFA falou após a realização do 70.ª edição do congresso anual e explicou o porquê desta tomad

19 de Setembro de 2020 02h09

Primeira onda da covid-19 deve acabar em outubro, diz estudo da UFF

No Brasil e no hemisfério sul o pesquisador aponta que, se houver uma nova onda, ela será a partir da metade de março de 2021 e terá menor intensidade.